Fórum BMW Portugal

Fórum BMW Portugal (https://www.forumBMWportugal.com/index.php)
-   Informações Técnicas (https://www.forumBMWportugal.com/forumdisplay.php?f=38)
-   -   FAP / DPF (Diesel Particulate Filters - Filtro de partículas) (https://www.forumBMWportugal.com/showthread.php?t=2655)

lude 28-12-2010 12:18

FAP / DPF (Diesel Particulate Filters - Filtro de partículas)
 
A informação que se segue é genérica. Será falado apenas dos 2 tipos de filtros mais comuns (aditivo / catalítico).
Criei este post com o objectivo de criar uma FAQ de consulta rápida, de forma a esclarecer algumas dúvidas frequentes.

1) O Que é um Filtro de Partículas?
• Trata-se de um elemento montado na linha de escape, que impede a saída das partículas contidas nos gases de escape.
• Reduz a emissão de partículas a valores abaixo do limite imposto pelas normas anti-poluição em vigor.
• Este equipamento é exclusivo de veículos a diesel.

http://www.bersy.com/eng/img/filtri_...colato_fap.jpg http://www.bersy.com/eng/img/working...ate_filter.jpg

2) Como funciona o filtro de partículas?
• Fase 1: Filtragem - Esta fase consiste em acumular as partículas no próprio filtro
• Fase 2: Eliminação das partículas - Esta fase ocorre na fase de regeneração. Trata-se de uma operação periódica, automática e transparente ao condutor. Consiste simplesmente em queimar a altas temperaturas as partículas que estavam acumuladas.



3) Como é feita a regeneração do FAP?
• Regularmente e sem nenhuma intervenção do condutor, as partículas acumuladas são incineradas, é o fenómeno da regeneração.
• Para regenerar (incinerar as partículas) a temperatura no FAP é elevada como num forno.
• A regeneração efectua-se de maneira autónoma a cada 500km em condução em estrada ou 50Km em condução em cidade (estes valores poderão variar!)
• Ela é totalmente transparente para o cliente. No entanto durante a primeira regeneração, um odor como um fumo branco, ambos não nocivos, podem surgir.
• Em muitos veículos, se não existiram as condições adequadas para a regeneração autónoma, uma luz de alerta ou uma mensagem poderão surgir surge no painel de instrumentos, para incitar o condutor a proporcionar as condições de condução necessárias à regeneração autónoma.

http://www.cifra.pt/images/noticias2.jpg

4) Em que circunstâncias é interrompida a regeneração?
• Após ocorrer o período máximo (tipicamente 25 minutos), sem que o filtro fique desobstruído.
• Se o motor for desligado ou for abaixo
• Se o motor for deixado ao ralenti durante muito tempo (5 a 10 minutos)
• Se forem detectadas EGT's demasiado elevadas (1000ºC)
• Se durante a regeneração for detectada alguma falha num dos componentes relevantes à combustão.

5) Quanto tempo demora o processo de regeneração?
• Tipicamente demora cerca de 5 a 10 minutos caso ocorra durante a condução em normal em estrada, existindo a temperatura de gastes necessária para a regeneração.
• Em conduções não ideais como por exemplo em descidas prolongadas em que não existe uma temperatura ideal, o período de regeneração pode demorar até 25 minutos.

6) Que condução adoptar, se a utilização prolongada do veículo a baixa velocidade impede a regeneração autónoma?
- Tipicamente, após surgir o alerta no painel de instrumentos, o condutor dispõe de 100km para activar a regeneração. É então necessário circular a uma velocidade de 60 km/h no mínimo (de acordo com o veículo) de forma a que seja efectuada a regeneração e apagado o alerta.

Nota1: A velocidade necessária à regeneração era inicialmente de 80Km/h. Actualmente é de 60Km/h e já existem alguns automóveis que conseguem fazê-lo a 40Km/h.

Nota2: Uma vez iniciada a regeneração, a velocidade pode diminuir pontualmente abaixo do limite sugerido, sem que isso interrompa o processo como por exemplo abrandamento para recolha do ticket de portagem.

7) O que acontece se não for efectuada a regeneração do FAP?
- O FAP continua o processo de enchimento, funcionando agora como uma rolha na linha de escape. As performances do veículo são fortemente afectadas.

8) O que é uma regeneração forçada?
- Trata-se de uma regeneração em oficina do FAP em condições específicas.

Vídeo onde podemos verificar as altas temperaturas atingidas:


9) É verdade que durante a regeneração forçada efectuada na oficina o óleo do motor perde as suas propriedades e terá que ser mudado?
- Nos nossos automóveis BMW, não existe este potencial problema.
- Em alguns automóveis como (por exemplo, do grupo PSA) durante a regeneração forçada, óleo degrada-se por diluição de Gasóleo, tornando necessária a substituição do mesmo. O automóvel possui sensores que detectam a qualidade do óleo e caso seja necessária a substituição, acende a luz "INSP" no painel de instrumentos. Se o óleo não for substituído poderão ocorrer danos no motor.

10) É verdade que a FAP deve ser substituída ao fim de 120.000Km?
- A BMW não fornece nenhuma indicação nesse sentido.
- Marcas como por exemplo a Peugeot indicam no manual dos seus automóveis que o FAP é uma peça com manutenção periódica que deverá ser substituído ao fim de 120.000Km.

11) É necessário adicionar qualquer aditivo durante as revisões, necessário ao correcto funcionamento do FAP?
- O sistema de FAP dos nossos BMW não necessita de aditivos.
- Outras marcas que utilizam um sistema de FAP com aditivos e o intervalo dentro do qual é necessário atestar o aditivo varia tipicamente entre 60.000Km e 200.000Km.

12) O que acontece à medida que a FAP acumula resíduos?
45% - Regeneração normal
50% - Regeneração à temperatura máxima predeterminada
55% - Acende a luz de aviso no painel de instrumentos e a regeneração será efectuada a partir da mínima velocidade predefinida.
75% - Acende a luz de aviso, é activada a limitação de binário e desactivada a EGR
95% - Deverá ser trocada a FAP

http://img337.imageshack.us/img337/2...pfbloqueio.jpg

13) É possível montar um Filtro de Partículas em Pós-Venda?
- Sim, existem países/estados onde isso é obrigatório. Exemplo: Califórnia.
- No entanto, tipicamente a montagem de FAP em Pás-Venda, não apresenta a mesma eficácia.

14) Modelo 3D de um FAP (dá para desmontar alguns componentes):FAP 3D

15) Leitura complementar:
http://img684.imageshack.us/img684/4809/fapr.jpg

pmomarques 28-12-2010 22:06

ora aqui está um post com informação importante, já fiquei a saber coisas que desconheçi-a. se a FAP tira performance ao carro só á uma coisa a fazer....

Mustang82 29-12-2010 08:30

Citação:

Publicado originalmente por pmomarques (Mensagem 21267)
ora aqui está um post com informação importante, já fiquei a saber coisas que desconheçi-a. se a FAP tira performance ao carro só á uma coisa a fazer....

já tinhas cá algo semelhante :lol:, mas aqui melhor ilustrado pelo lude

http://www.forumbmwportugal.com/show...?t=2538&page=3

lude 29-12-2010 17:55

Citação:

Publicado originalmente por Mustang82 (Mensagem 21279)
já tinhas cá algo semelhante :lol:, mas aqui melhor ilustrado pelo lude

O que tu leste foi apenas um rascunho com a resposta a umas 6 perguntas principais sobre o FAP. Mas, à medida que tenha tempo, vou completando com mais informação :)
Mas, de qualquer das formas, parece-me que neste momento já tem informação suficiente para a maioria das pessoas perceberem o que é e como funciona o FAP.

Já agora, aqui ficam uns vídeos para se perceber melhor o funcionamento do FAP na condução em cidade, circuito extra-urbano e auto-estrada:

Autoestrada:


Extra-urbano:


Cidade:

Mustang82 30-12-2010 08:22

Boas!

Continuação lude, pois és tu quem mais incentiva e desenvolve o enciclopediacar :lol: deste forum:cool:

Swimmer 30-12-2010 14:12

GRANDE POST !!!!
Obrigado lude. :thumbsup:

pmomarques 31-12-2010 18:59

assim está melhor com estes videos...

bm_duke 24-02-2011 22:04

5*:thanks:

sabnet 24-02-2011 22:45

Muito bom.:thumbup::thumbup:

sir_pika 12-02-2012 19:57

grande post, aprende-se muita coisa por aqui .

Rodnog 23-02-2012 14:44

Grande artigo. Fiquei a saber para que é que servia o FAP. Não tenho, mas assim tb não fico triste.
:thumbup:

GasparM 14-11-2012 15:28

Obrigado lude!

Já fiquei um pouco mais esclarecido.:thumbsup:

lude 04-02-2013 12:23

Mais alguma info sobre FAP que estava dispersa no fórum, nomeadamente numa conversa que o jmcdpereira teve com o Corleone:

Citação:

Regeneração do filtro de partículas DDE 5.0/ 6.0/ 6.2
Para que possa suceder uma regeneração do filtro de partículas, é necessário que na unidade de comando DDE seja solicitada uma regeneração.

A solicitação de regeneração resulta do combustível consumido desde a última regeneração ter sido colocado no valor máximo na unidade de comando DDE.
Na próxima deslocação, a regeneração é iniciada logo que a temperatura do líquido de refrigeração atinja um valor de no mínimo 75 °C e a temperatura dos gases de escape anterior ao cat. atinja um valor de no mínimo 240 °C. Para além disso, o nível de combustível deve ser no máximo de 10 litros.

Consegue-se um efeito de regeneração perfeito, se a viatura for conduzida, desde o início da regeneração e durante cerca de 20 minutos com uma velocidade o mais constante possível de no mínimo 60 km/h. Por experiência, é no tráfego interurbano que se consegue alcançar os melhores resultados de regeneração.

O estado actual de um bloqueio de regeneração eventualmente existente, de uma solicitação de regeneração na unidade de comando e da própria regeneração pode ser indicado tanto na função especial ”Regeneração do filtro de partículas”, como também nas avaliações de diagnóstico DDE, no o ponto ”- Filtro de partículas:” Para além disso, pode aí ler-se a distância percorrida desde a última regeneração.


São emitidos os seguintes possíveis estados para a regeneração:

•Regeneração bloqueada

•Regeneração autorizada

•Regeneração na DDE solicitada

•Regeneração não solicitada

São emitidos os seguintes estados possíveis para a regeneração:

•Regeneração activa

•Regeneração não activa

•Distância percorrida em metros desde a (última) regeneração (bem sucedida)

•Distância remanescente total do filtro de partículas calculada em quilómetros
(apenas a partir do DVD47 - apenas disponível em viaturas diesel com motores de seis cilindros).

•Consumo médio de combustível por 100 km desde a substituição do filtro
(apenas a partir do DVD47 - apenas disponível em viaturas diesel com motores de seis cilindros).

•Distâncias percorridas em quilómetros desde a penúltima e antepenúltima regeneração
(apenas a partir do DVD47 - apenas disponível em viaturas diesel com motores de seis cilindros).


Indicações:

No caso de uma interrupção prematura de uma deslocação de regeneração, a regeneração é prosseguida no próximo ciclo de marcha, logo que a temperatura do líquido de refrigeração volte a atingir um valor de 75 °C e a temperatura dos gases de escape anterior ao cat. um valor de 240 °C.

No caso de um filtro de partículas carregado com muita fuligem pode suceder que a solicitação de regeneração seja novamente bloqueada ou não autorizada após um breve período de tempo.
Neste caso é necessário regenerar o filtro de partículas, conduzindo durante aprox. 30 minutos em auto-estrada ou tráfego interurbano mantendo a velocidade o mais constante possível.
Em seguida é necessário executar novamente a função especial ”Regeneração do filtro de partículas”.

Além disso, por vezes pode suceder que, no caso de um filtro de partículas carregado com muita fuligem, a contrapressão dos gases de escape aumente tanto que possam surgir problemas quando se alcança o regime máximo de rotações/corte. Em muitos casos, isto afecta a possibilidade de realização da verificação da contrapressão dos gases de escape. Em muitos casos, uma regeneração correcta desagrava este problema e diminui a contrapressão dos gases de escape.

Durante da fase de regeneração, com o motor a trabalhar, de vez em quando sucede a indicação de salto de regeneração activa para regeneração inactiva. Este comportamento só pode ser reconhecido com a viatura parada e o motor a trabalhar. Em geral, este comportamento não influencia o processo metódico da regeneração.
Citação:

Fonte desta informação:

WDS.
Podes ver aqui online: http://www.bmw-planet.com/diagrams/r...0e61/index.htm

service functions
drive
diesel electronics
particulate filter
regeneration e vais ver isto: http://www.bmw-planet.com/diagrams/r...DE56CSFREG.htm

esta informação também está no DIS
Eu tenho em PT pois tenho instalado no meu computador

jmcdpereira
Citação:

Q.1: O que é o filtro de partícualas (também conhecido como FAP ou DPF)?
R.: É um dispositivo acoplado no sistema de escape e é concebido para eliminar as partículas de fuligem dos gases de escape de um motor diesel. É um dispositivo recente, o seu uso passou a ser obrigatório a partir de Janeiro de 2010 para cumprir as normas anti-poluição Euro V, (embora seja já usado por alguns construtores, principalmente grupo PSA, desde o ano 2000).

Q.2: Como funciona o FAP?

R.: Ao contrario de um catalisador em que os gases passam por canais abertos nos monólitos cerâmicos ou metálicos , no filtro de partículas ,isso não acontece, já que a finalidade destes filtros é prender a fuligem e a seguir eliminá-la, por um processo de regeneração. Consegue-se eliminar até 85% da fuligem e nalgumas situações de condução quase 100%.

Nos filtros de partículas normalmente feitos por processos de extrusão que usam a cordierite ou o carboneto de silício para obter o formato oval ou redondo, os gases não passam livremente através dos canais, mas sim através das paredes cerâmicas, que são porosas, ficando apenas as partículas de fuligem retidas nos canais. De esta forma apenas gases sem partículas passam para o exterior.

Como qualquer filtro que retêm impurezas, estes dispositivos também precisam de ser limpos regularmente de forma a poderem manter a sua função.
A forma de fazer esta regeneração do filtro, varia consoante a tecnologia usada pelos fabricantes automóveis. Ver esquema abaixo:

http://img41.imageshack.us/img41/1876/71686713.jpg

Q.3: Surgiu uma luz amarela no quadrante do meu carro. Fui ver ao manual de instruções e está relacionada com o "FAP". Devo preocupar-me?
R.: A luz amarela indicia que o seu carro não está a conseguir efectuar automaticamente as regenerações. É recomendável que seja efectuado um diagnóstico quanto antes por forma a aferir com objectividade onde reside o problema.

Q.4: Aquando do diagnóstico da avaria (troubleshooting) é fácil perceber se o problema reside no "FAP"?
R.: Não. Na medida em que há diferentes formas de funcionamento num filtro de partículas que variam consoante o fabricante automóvel, o que torna ainda mais confuso diagnosticar e aconselhar sobre o correcto procedimento quando surgem as avarias com os filtros de partículas.

Os percursos urbanos frequentes ou o uso pouco frequente dos carros, faz com que os filtros não atinjam a temperatura ideal para regenerar as partículas que ficam presas no filtro, o que vai originar com que o carro vá perdendo rendimento e aumentando o consumo de combustível, até que a luz de avaria acenda no painel de instrumentos, a informar que algo está mal com o filtro de partículas.

Q.5: Falaram-me em dois tipos de regeneração. É verdade? Quais são eles?

R.: Afirmativo. Há dois tipos de regeneração: i) Regeneração passiva - é feita em trajectos em auto-estrada ou percursos longos em que a temperatura dos gases de escape atinge valores elevados e assim consegue queimar as partículas que ficam retidas nos canais do filtro e ii) Regeneração activa - baseado na combustão da fuligem, através do aumento da temperatura dos gases de escape à entrada do filtro. Vários sensores medem a pressão antes e depois do filtro e enviam essa informação para a CPU do carro que por sua vez controla outros sensores que vão controlar a quantidade exacta de combustível injectada e o tempo de injecção. Este é o pós-injecção, que ajuda a regenerar o filtro, que assim envia uma grande quantidade gasóleo não queimado na linha de escape para elevar significativamente a temperatura do gás e iniciar o processo de regeneração do filtro de partículas. Este é um processo automático que o condutor não dá por ele.

Q.6: Como aferir qual o prejuízo? Ou seja, como saber se há necessidade de substituir o "FAP"?
R.: A forma mais correcta será precisamente realizar o tal diagnóstico mencionado acima (Q.3). Em ambiente controlado (oficina) é "forçada" uma regeneração através de equipamento adequado. Muito resumidamente, aquando dessa regeneração forçada é medida através de sensores a pressão à entrada do "FAP" (montante) e é medida e pressão à saída do "FAP" (jusante). Valores díspares sugerem que há um problema relacionado com o "FAP". Em alguns casos, bastará a remoção do "FAP", lavagem do mesmo e sua instalação de novo. Noutros casos é necessária a substituição do "FAP" em causa por um novo.

Q.7: Percebo tudo. Que custos estão envolvidos?

R.: Variam de acordo com a vontade do Cliente final. Se após diagnóstico se concluir que basta uma lavagem do mesmo, habitualmente trata-se de um procedimento que demorará cerca de 3,4 dias entre remoção,lavagem e instalação de novo. Para tal, é necessário que o "miolo do FAP" (seu interior) esteja em boas condições. Para este processo há valores que oscilam entre os 175€ e os 500€. Há casas especializadas neste tipo de operação (Norte de Portugal).

Se se optar pela substituição do "FAP" por um novo será necessário equacionar o dispêndio de uma quantia que irá variar entre os 1.400€ e os 1.600€ (valores finais e trabalhos realizados em oficinas concessionadas). O processo de remoção do "FAP" antigo, encomenda e instalação de um "FAP" novo também rondará os 3,4 dias no total.

Q.8: É um processo muito oneroso. Não quero gastar tanto dinheiro. Que alternativas tenho?
R.: Há algumas alternativas. Substituição do "FAP" por um tubo directo (também conhecido por supressor), efectuar furos no "FAP" antigo por forma a "baralhar sensores" sendo necessária a reprogramação da ECU e ainda a remoção do "miolo do FAP". Há várias casas habilitadas a fazer este tipo de operação. Como desvantagens há a questão dos carros poderem começar a deitar fumo branco e um cheiro estranho. Estes processos, tipicamente, não custam mais de 400€ (máximo) já com instalação incluída.

Q.9: Quais são os "prós" da utilização do "FAP"?
R.: Sem dúvida que a principal vantagem deste sistema é a possibilidade de reduzir significativamente a quantidade de fuligem emitida para atmosfera.

Q.10: Quais as desvantagens da utilização do "FAP"?

R.: O facto de ser uma nova tecnologia, faz com que alguns problemas de funcionamento estejam agora a ser detectados. Nos trajectos de pára/arranca o processo de regeneração pode não ficar completo e provavelmente a luz de aviso do filtro de partículas acender-se á indicando que o filtro de partículas está parcialmente bloqueado.

Q.11: Há alguma manutenção que possa ser feita preventivamente?

R.: A cada 700 Km deverá ser efectuada uma viagem com uma duração entre 20 e 30 minutos e velocidades estabilizadas entre 60 e 80 km/H.

Fonte de informação: http://escapesdeserie.interescape.com/

Q.12: Os carros do grupo "PSA" têm o mesmo sistema para tratamento das emissões de gases de escape comparativamente com os BMW?
R.: Sim e não. O princípio de tratamento dos gases de escape é o mesmo (inclui o FAP, por exemplo). Contudo, na generalidade dos motores daquela "joint venture" (e desde Janeiro/2011) existe um depósito injector adicional dedicado às injecções finais, localizado directamente na linha de escape. Em concreto, a injecção de um líquido específico neste ponto do tratamento faz com que ocorra um decréscimo da temperatura dos gases de escape promovendo a regeneração a temperaturas mais baixas (típicas dos circuitos citadinos).

Vídeo Funcionamento "FAP"



Q.13: Há alguma relação entre o óleo do motor e o filtro de partículas?[/b]
R.: Afirmativo. A regeneração do filtro de partículas é feita automaticamente e por vezes o condutor não sente a mesma.Para percebermos um pouco como se desenrola o processo:
Quando é detectada a necessidade de regeneração (indicação dada à ECU), têm lugar algumas injecções de gasoleo no tempo da "expansão", ou seja, após a combustão. Para os "mais esquecidos" da mecânica automóvel, será o mesmo que dizer que a válvula de escape está aberta e o gasóleo que aqui é injectado auto-inflama-se e as labaredas provenientes desta inflamação saem do cilindro invadindo o colector de escape, incinerando o "FAP" e limpando o mesmo. Simples.

Não é assim tão linear. Infelizmente, e como qualquer sistema pensado pelo homem, há o "reverso da medalha". Há carros cuja regeneração tem início a determinada altura do percurso de "A para B", mas volvidos 2 minutos chega-se ao destino e desliga-se o carro.

O que sucede, do que foi explicado acima, é que o ciclo de regeneração já teve início e o tal gasóleo está a ser injectado na "expansão". Resultado: o gasóleo não arde e fica "no topo dos pistons".

Como a viscosidade do gasóleo é muito inferior à viscosidade do óleo, o gasóleo (por gravidade) passa pelo processo de escorrência pelos segmentos dos cilindros indo parar ao cárter onde está o óleo do motor (tipicamente o tal Castrol Edge nos nossos BMW) e que por sinal não é tão barato quanto isso.

Resultado, o óleo vai mistura-se com o gasóleo acendendo-se assim (e em qualquer momento) a luz de troca de oleo do carro por detectar falta de qualidade do mesmo.

Q.14: No caso da eliminação física do "FAP" ser detectada na "IPO" (inspecção obrigatória) do meu carro o que pode suceder?[/b]
R.: Há uma grande probabilidade de ser obtido um chumbo nessa inspecção com a obrigatoriedade de re-inspecção e avaliação da instalação deste elemento filtrante. Em causa está o incumprimento o deliberado a 15 de Março de 2012 pelo Conselho Directivo do "IMTT" e ainda o incumprimento do regulamentado na Deliberação n.º 525/2012, de 15 de Março (publicada em Diário da República a 9 de Abril de 2012). Recomenda-se a interiorização dos pontos 9º, 12º e 14º versando o seguinte:

(...)

9 - Os filtros de partículas devem assegurar, quando instalados, pelo menos, 50% de redução da massa de partículas (g/m3), tomando como referência o valor da massa de partículas do fluxo total de gases de escape do veículo, antes da instalação do filtro, com o motor num regime correspondente a ¾ da sua rotação máxima;

(..)

12 - No caso de ser verificada a redução referida no n.º 9, o centro de inspeção emite certificado com a indicação dos valores medidos nas duas fases referidas no número anterior, da massa de partículas e opacidade;

(..)

14 - Nas inspeções periódicas subsequentes, o valor da massa de partículas constante do certificado de matrícula, acrescido de 10%, é adoptado como o valor limite de referência para o veículo

Fonte: http://www.imtt.pt/sites/IMTT

AFOLHAS 08-01-2015 22:15

Encontrei isto... espero que ajude.

iadrianofp 04-04-2016 23:14

Pessoal, há alguma forma de saber se o carro esta a fazer uma regeneração ou não?

No outro dia o carro começou-me a fazer mais barulho e parecia que tinha a panela de escape rota ao acelerar, o carro não respondia tão bem quando eu puxava por ele e consumia mais gasóleo. São estes os sintomas de uma regeneração?!

pnogueira 10-04-2016 01:25

Citação:

Publicado originalmente por iadrianofp (Mensagem 336953)
São estes os sintomas de uma regeneração?!



Citação:

Publicado originalmente por Belgium (Mensagem 241450)
Quando o aviso apareceu pesquisei bastante sobre o assunto, em parte porque o filtro já tem quase 200k.
Percebi que quando o aviso aparece significa que o "carro" não está a conseguir fazer a regeneração do filtro, ou porque não circulas nas condições ideais (velocidade, temperatura do motor...) ou porque existe um problema com o próprio filtro ou sonda que faz a leitura dos valores.

Também percebi que não existe um contador de Km, o "carro" regenera o filtro quando acha (através das leituras dos sensores) que tem de o fazer.

O "carro" é inteligente ao ponto de verificar se tens gasóleo suficiente para iniciar o processo. Se as condições estiverem reunidas e a regeneração correr, o filtro fica desobstruído e o erro é arquivado.

A regeneração do DPF num BMW ocorre apenas se a temperatura do líquido de refrigeração estiver acima dos 75 graus, tiveres mais do que 10 litros de gasóleo no tanque e a temperatura dos gases de escape estiver a cerca de 250 graus.

Se uma destas falhar não estão reunidas as condições e a regeneração não inicia. Acho que isso aconteceu comigo.

Na pesquisa que fiz percebi que a melhor opção no caso de filtro entupido a 100% é remover o filtro/miolo deixando apenas a panela para numa inspeção visualo não seres apanhado. É também necessário anular eletrónicamente a necessidade de futuras regenerações e ajustar o mapa da ECU se necessário para não sair fumaça pelo escape. A vantagem/desvantagem disso é ouvires mais o ruído do turbo e sentires o cheiro a gases de escape se deixares o carro ligado dentro da oficina. Para já não existe em Portugal inspeção para detetar ausência do DPF mas já existe noutros países, penso que será uma questão de tempo.
A limpeza do filtro é uma solução de curto prazo, mesmo com garantia de 2 anos.
No meu caso percebi (após acelerar um bocado) pelo trabalhar do carro que o mesmo estaria a fazer a regeneração e desde aí o aviso não tornou a aparecer. :bow:



Pensava q esta info ja ca tava :thumbsup:

iadrianofp 10-04-2016 23:40

Finalmente alguém que responda a minha questão. Obrigado ;)

lude 11-04-2016 08:46

Citação:

Publicado originalmente por iadrianofp (Mensagem 338377)
Finalmente alguém que responda a minha questão. Obrigado ;)

A tua pergunta devia ter sido colocada na secção Problemas / Soluções e Ajudas, uma vez que essa é que é a secção de perguntas / dúvidas.
Esta secção onde colocaste a tua dúvida é a de Informações Técnicas, onde geralmente está publicado todo o tipo de informação (mas não de dúvidas).

Ao colocar a tua pergunta nesta secção, deves ter tido umas 100 vezes menos visualizações do que se tivesses colocado na outra secção. A tua sorte é que o pnogueira anda em todas as secções :thumbsup:

pnogueira 11-04-2016 12:35

Citação:

Publicado originalmente por lude (Mensagem 338407)
A tua pergunta devia ter sido colocada na secção Problemas / Soluções e Ajudas, uma vez que essa é que é a secção de perguntas / dúvidas.

A tua sorte é que o pnogueira anda em todas as secções :thumbsup:

E falhei em grande, pois nem reparei q tava na secção errada :D

aplinhares 31-10-2017 11:36

Esclarecido, fácil assim.
Muito obrigado pelo tópico.


Horários baseados na GMT. Agora são 09:57.

Powered by vBulletin® Version 3.7.1
Copyright ©2000 - 2020, Jelsoft Enterprises Ltd.
Todos os direitos reservados 2008-2019