Voltar   Fórum BMW Portugal > Diversos Assuntos > Informações Técnicas

Notícias

Informações Técnicas Secção dedicada a informações técnicas de diversos aspetos dos nossos carros e motores

Resposta
 
Ferramentas do Tópico
Antigo 02-04-2009, 21:06   #1
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,442
Padrão Controlo de estabilidade e tracção (ESP)

Antigamente, o condutor tinha que corrigir por si mesmo a trajectória do carro em situações como curvas inesperadas, bem como situções de emergência como o desvio de obstáculos na estrada.
Infelizmente, essas amnobras de emergência exigem habilidade e nem sempre terminavam bem.
Felizmente, para alguns automóveis isso é coisa do passado: já existe o controle electrónico de estabilidade.

O nome já diz tudo: ele estabiliza o carro. Este, ao começar a derrapar, faz com que o sistema actue como uma grande "mão invisível" que coloca o automóvel de volta a sua trajectória original, quase por magia.

Assim como o sistema ABS e o controle de tracção, o controle electrónico de estabilidade é também um grande auxílio para os condutores em situações de difícil controle do veículo, pois consegue-se estabilizar o carro mesmo em situações extremas.

O segredo do sistema é, basicamente, uma central electrónica que faz a análise constante dos sinais enviados por sensores instalados em diversas partes do veículo.
O sensor de ângulo da direcção regista constantemente as indicações de viragem da direcção desejadas pelo condutor. Ao mesmo tempo, os yaw rate sensors detectam o movimento rotacional do veículo através do seu eixo vertical 25 vezes por segundo. Existe um processador que compara os comandos do condutor com a direcção de condução decorrente. Se uma divergência for detectada, o ESP intervém em apenas fracções de segundo.

Ao ser detectada a iminência de instabilidade, o programa reage accionando, selectivamente, os travões de rodas dianteiras ou traseiras, direitas ou esquerdas, de acordo com a situação. Se necessário, reduz o binário enviado às rodas de tracção. Em uma fracção de segundo, muito mais rápido que um piloto de Fórmula 1 conseguiria, o ESP estabiliza e posiciona o carro na trajectória pretendida pelo condutor, permitindo-lhe manter o controlo do automóvel.

Assim, o programa fornece um elemento extra para a segurança dos ocupantes do automóvel em situações cruciais, reduzindo drasticamente os riscos de perda de controle. A Mercedes-Benz foi a primeira a utilizá-lo, sob a sigla ESP (programa electrónico de estabilidade em inglês), sendo o Classe A o primeiro da sua categoria a dispor deste equipamento de segurança activa. E bem que precisava, já que este carro "nasceu torto" e como se veio a provar, capotava com bastante facilidade!



Vamos imaginar uma situação real em que a presença do sistema se torne necessária. Suponhamos que o condutor entra em uma curva à esquerda mais rápido do que deveria, e o carro comece a derrapar a traseira para fora da curva, ou seja, para a direita. Nesse instante, o controle de estabilidade entra em acção, aplicando força de travagem na roda dianteira direita.

Como consequência, o carro tende a girar para a direita (em sentido contrário ao da curva) e com isso volta à trajectória. O condutor quase não percebe o funcionamento, embora seja indicado por luz-piloto no painel. (ver o triângulo cor-de-laranja no meu avatar)
Se, em vez da traseira, a dianteira foge nessa mesma curva, a roda traseira esquerda é que seria uma travagem suave, recolocando o carro na trajectoria pretendida.

O sistema combina as funções de outros sistemas de segurança activa, como o ABS, controle de tracção (que impede as rodas motrizes de perder a tracção, reduzindo o torque enviado às rodas ou mesmo travando-as), o CBS (Cornering Break Control - que é um tipo de ABS optimizado para curvas) e até a assistência de travagem (BAS - Break Assist System que amplifica a pressão aplicada no pedal em travagens bruscas).



Muitos engenheiros têm trabalhado no seu desenvolvimento e têm testado diversos tipos de istemas de controle de estabilidade. Nestes inúmeros testes realizados, os algorítmos foram sendo optimizados, e os riscos de eprda de controle do veículo reduziram drasticamente.

Por exemplo, em testes realizados pela Mercedes. Foram simuladas situações de pista de gelo, em quatro curvas, onde a aderência dos pneus com o solo se reduzia em mais de 70% em poucos metros percorridos. O resultado, foi que 78% dos condutores convidados não conseguiriam manter seus automóveis na pista. Ao serem auxiliados pelo sistema, porém, todos conseguiriam evitar as derrapagens e escapar das situações propostas.

Pode-se concluir que, basicamente, o controle de estabilidade auxilia o condutor a manter o controle do veículo antes mesmo deste dar conta de que o perdeu. O sistema mantém o carro em equilíbrio dinâmico, eliminando possíveis erros e excessos do condutor.

Convém frisar que, ao contrário do que possa parecer, o sistema não torna ninguém um super condutor: apenas o auxilia nas correcções de trajectória.

Curiosamente, este sistema torna um carro mais lento numa condução desportiva, uma vez que por vezes trava as rodas, chegando mesmo a cortar momentâneamente o combustível para o motor.
No entanto, para a condução do dia-a-dia, torna-se um importante aliado para a segurança rodiviária
__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."
lude está desligado  
                                                        Responder com citação
Antigo 11-08-2009, 15:36   #2
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,442
Padrão Controlo de estabilidade e tracção

O sistema de Controlo Electrónico de Estabilidade é um sistema que pertence ao grupos de dispositivos de segurança activa, já faz parte de grande parte do equipamento de série nos ligeiros e será no prazo máximo de 4 anos obrigatório em todos os modelos.

É um sistema complexo, dispendioso. Constitui um notável avanço no campo da segurança activa nos veículos automóveis ligeiros, pois pode fazer autênticos ‘milagres’ e evitar despistes e acidentes à partida inevitáveis.

É denominado por diferentes iniciais dependendo de marca para marca ( DSC na BMW (Dinamic Stability Control), PSM na Porche (Porche stability control) VDC na Alfa Romeu (Vehicle dinamic control) CDS na Peugeot (control of dinamic stability) etc, porém, o funcionamento é semelhante em todas. Se meditarmos sobre o dispositivo, logo à partida deparamos com a complexidade do mesmo, pois, na prática, um veículo automóvel pode enfrentar variadíssimas condições de aderência e situações que facilmente poderiam enganar este sistema. Se pensarmos quais os sensores que um carro necessita de ter para este sistema poder funcionar com fidelidade, atendemos com clareza que em primeiro lugar precisa de saber a velocidade das quatro rodas independentemente, logo, utiliza os sensores do sistema de anti bloqueio (ABS) para poder saber se existe algum desfasamento entre as rodas. Mas, estes sensores por si sós não são minimamente suficientes para este sistema, pois, o carro pode entrar em derrapagem sem haver grande desfasamento entre as rodas, e pode em determinada situação fazer uma curva a uma velocidade X, e noutra situação com condições de aderência menores, por exemplo chuva ou geada, pode já não fazer essa mesma curva à mesma velocidade X. Logo, concluímos que são necessários mais sensores para que a leitura deles todos em conjunto dê um produto de fidelidade e eficácia seja qual for a situação. Só assim este sistema poder funcionar correctamente e realmente evitar despistes. Este conjunto de sensores vai ser pormenorizadamente descrito por nós mais à frente, no entanto vamos apenas fazer uma breve introdução dos mesmos.


Em primeiro estão os já nomeados sensores de velocidade das rodas, um para cada roda, o interruptor da luz de travagem é também utilizado para dar a informação à unidade de controlo se o condutor está ou não a travar, assim como um sensor que detecta a pressão de travagem, em seguida é indispensável possuir um sensor para medir a aceleração lateral do veículo (veículos de tracção traseira), e, um sensor para o momento de rotação que o chassis está a sofrer.
Necessita também de um sensor de ângulo de direcção, para saber o quanto e para onde é que o condutor está a virar, possui ainda sensores ligados ao motor que auxiliam a unidade de controle na difícil tarefa que tem como objectivo de controlar a trajectória do veículo.
Para além dos sensores, é constituído por componentes de extrema importância, como uma bomba de recirculação especificamente para o sistema, para recircular o fluido dos travões, uma unidade de válvulas hidráulicas solenóides para poder controlar a pressão de travagem independentemente a cada uma das rodas, e, como cérebro do sistema possui a unidade de controlo onde são ligados todos os sensores e de onde são dadas as ‘ordens’ aos componentes para actuarem com precisão. Possui ainda uma luz avisadora para informar se o dispositivo está em funcionamento (ESP). Algumas marcas equipam os veículos com um interruptor para o condutor poder desligar o dispositivo caso assim o pretenda.

Este conjunto de sensores e componentes completa o sistema de controlo electrónico de estabilidade automóvel. As leituras efectuadas deste todo resultam na eficácia do sistema e assim na concretização da sua árdua tarefa, embora o condutor não deva pensar que este sistema é infalível e que é impossível despistar-se, podendo assim andar a velocidades extremamente exageradas.
Porém, o que à alguns anos atrás era impensável torna-se uma realidade nos dias de hoje, e, e a curto prazo será um sistema obrigatório para todos os veículos automóveis ligeiros contribuindo assim drasticamente para a redução de acidentes.

Fica aqui um video para poderem visualizar como o sistema funciona na práctica:



Deixo ainda uns slides explicativos sobre o funcionamento deste sistema:













































__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."
lude está desligado   Responder com citação
Antigo 11-08-2009, 16:55   #3
apocalypsealexi
Mecânico de 3º Grau
 
Avatar de apocalypsealexi
 
Registado em: Dec 2008
Localização: Lisboa
Posts: 301
Enviar mensagem via Windows Live Messenger para apocalypsealexi
Padrão

No meu caso tem ASC e não DSC. Acho que na prática apenas controla a tracção do carro e não factores como trajectória ou over/under-steer.
__________________

528i e39
apocalypsealexi está desligado   Responder com citação
Antigo 12-08-2009, 01:30   #4
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,442
Padrão

Citação:
Publicado originalmente por apocalypsealexi Ver Post
No meu caso tem ASC e não DSC. Acho que na prática apenas controla a tracção do carro e não factores como trajectória ou over/under-steer.
O DSC realmente é uma grande evolução em relação ao ASC.

O meu carro tem DSC e a sua actuação é fantástica: actua de forma 100% discreta.
Às vezes, o pessoal que não sabe o que isso é pergunta-me o que é a luzinha amarela
que se farta de piscar no painel de instrumentos. Acredito que a maior parte dos
condutores nem notem a sua actuação (tirando o facto da luz acender).

Já o carro do meu pai tem ASC e a sua intervenção é muito abrupta e demasiado forte.
Trava muito as rodas e dá para sentir perfeitamente.
Já agora... Será que ao fazer um upgrade de software, também é feito um upgrade ao
ASC? Tenho que pedir o carro ao meu pai e ir testar isso em condições, uma vez que o
carro levou um upgrade de software à pouco tempo.

Estes sistemas são 100% controlados pela electrónica e esta está sempre a evoluir.
Além disso, o DSC tem sensores adicionais em relação ao ASC, nomeadamente de
aceleração lateral, rotação, pedal de travão e ângulo de direcção.

Resumindo: Eu sou 100% a favor destes sistemas "milagrosos", desde que tenham
um botão para podermos desligá-los quando o entendermos!
Curiosamente, a maior parte das pessoas nem se apercebe que eles muitas vezes
eles "salvam o dia" ao intervir e estabilizar o carro numa situação inesperada.
Com estes sistemas activados, podemos andar sempre de pé na tábua que eles estão
sempre presentes para meter o carro na trajectória que desejamos


PS: nos carros com DSC, quando damos 1 toque no botão não desactivamos
completamente o sistema, apenas desactivamos o controlo de tracção. Esta opção
existe para podermos tirar o carro de sítios complicados com lama / gelo.
__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."

Última edição por lude; 12-08-2009 às 01:46.
lude está desligado   Responder com citação
Antigo 12-08-2009, 04:57   #5
Bezugo
Ajudante de Mecânico
 
Avatar de Bezugo
 
Registado em: May 2009
Localização: Lisboa
Posts: 174
Padrão

Concordo.
O DSC é muito eficaz e divertido. De vez em quando permite que a traseira escorregue só um bocadinho cortando logo a seguir.
Bezugo está desligado   Responder com citação
Antigo 12-08-2009, 10:43   #6
apocalypsealexi
Mecânico de 3º Grau
 
Avatar de apocalypsealexi
 
Registado em: Dec 2008
Localização: Lisboa
Posts: 301
Enviar mensagem via Windows Live Messenger para apocalypsealexi
Padrão

realmente é muito bruto... mas quando o desligo jasus! Pneuzinhos béubéu
__________________

528i e39
apocalypsealexi está desligado   Responder com citação
Antigo 12-05-2010, 01:44   #7
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,442
Padrão

Apocalypsealexi, olha o teu carro em acção

__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."
lude está desligado   Responder com citação
Antigo 07-08-2010, 10:21   #8
PauloNovo
Mecânico de 3º Grau
 
Avatar de PauloNovo
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Vila do Conde, Portugal / França
Posts: 304
Enviar mensagem via Windows Live Messenger para PauloNovo
Padrão

Raios, o que pràki vai...! Bem explicito, nota 10.
Aqui na região que eu moro torna-se complicado conduzir com o DSC operacional, DSC vs Neve não combinam là muito.

Jà agora, deixo cà um abraço que fazia tempos que não vinha cà prò paleio.
__________________
Paulo Novo
PauloNovo está desligado   Responder com citação
Antigo 07-11-2010, 19:00   #9
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,442
Padrão



__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."

Última edição por lude; 07-11-2010 às 21:39.
lude está desligado   Responder com citação
Antigo 07-11-2010, 21:39   #10
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,442
Padrão

Será que o ESP é útil para todos os condutores?
Ou será que um bom condutor não necessita de tal dispositivo?
A resposta está neste vídeo feito pelo Tiff da 5Th Gear:


__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."
lude está desligado   Responder com citação
Antigo 05-12-2010, 02:22   #11
Daniel@DR CAR
Designer Aspirante
 
Registado em: Sep 2010
Localização: Porto/NRW Portugal/Alemanha Contacto:917 111 022
Posts: 4,981
Enviar mensagem via Windows Live Messenger para Daniel@DR CAR
Padrão

Excelente Tópico
Daniel@DR CAR está desligado   Responder com citação
Antigo 28-04-2013, 17:18   #12
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,442
Padrão



__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."
lude está desligado   Responder com citação
Antigo 28-04-2013, 23:10   #13
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,442
Padrão

__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."
lude está desligado   Responder com citação
Resposta


Utilizadores ativos no Tópico: 1 (0 Membros e 1 Visitantes)
 
Ferramentas do Tópico

Regras para Publicar
Você não pode publicar novos tópicos
Você não pode publicar respostas
Você não pode publicar anexos
Você não pode editar os seus posts

Código [IMG] Sim
Código HTML Desligado
Ir para...

Tópicos Similares
Tópico Tópico Iniciado por Fórum Respostas Última Mensagem
luz de controlo de tracção e abs acesa nunoadelmo Série 5 ( E12, E28, E34, E39, E6X, F07, F10, F11 ) 45 06-04-2016 15:55
Luz avisadora do controlo de estabilidade e do travao busarider Série 3 ( E21, E30, E36, E46, E9X, F3X ) 26 23-10-2015 16:29
Funcionamento de um turbo/turbo de geometria variável e ainda compressor volumétrico lude Informações Técnicas 17 29-12-2013 19:37
Controlo de Tracção e Estabilidade altavoltagem Problemas / Soluções e Ajudas 1 22-07-2011 22:14
E60 LCI falha no Controlo de Estabilidade speedoo Problemas / Soluções e Ajudas 20 13-02-2011 17:49


Horários baseados na GMT. Agora são 10:17.


Powered by vBulletin® Version 3.7.1
Copyright ©2000 - 2017, Jelsoft Enterprises Ltd.
Todos os direitos reservados 2008-2017