Ver Resposta Única
Antigo 14-05-2010, 10:19   #49
jorge_rui
Lavador
 
Registado em: May 2010
Posts: 25
Padrão

Bom dia,

No seu caso o problema já se alastrou para o volante de inércia, visto a vibração já se notar no próprio motor com a prensa aberta. Teste simples, com o carro desengatado e senão tiver acesso ao sistema de aceleração apartir do motor terá de pedir a alguém que acelere por si.
Tente sentir o motor quando este se encontra na rotação de maior equilíbrio, depois vá acelerando ou desacelerando até a essa tal rotação, "desde o ralenti até mais ou menos 1200 rpm" e verifique se o motor aumentar a vibração e a mesma (basta colocar as mãos em cima da carnagem)

Se a vibração não acontecer, quer dizer que só se manifesta sobre carga, isso já levanta poderão ser outras coisas. como apoios e até mesmo a caixa com veios ligeiramente flectidos ou mal apoiados (duvido que seja a caixa)
Isto é sempre um palpite

Citação:
Publicado originalmente por luisritofilipe Ver Post
Boas. Alguém questionou se o problema da trepidação na embraiagem em regimes muito baixos era um problema dos modelos recentes do S1 e S3.
Eu tenho um BMW e46 318d de Novembro de 2002 e também tenho esse problema. Não é só quando se faz o ponto de embraiagem. O problema nota-se em regimes desde o ralenti até mais ou menos 1200 rpm, em qualquer mudança, seja em plano inclinado, a descer ou a subir.

Não creio que a válvula de fecho resolva o problema já que a trepidação acontece sempre em regimes baixos e não apenas após largar a embraiagem. Se andar por exemplo em 2ªvel a um regime próximo das 1100 rpm (imaginemos uma situação de tráfego intenso quase parado) sinto a trepidação quando acelero até passar aquele nível de regime.
A não ser que essa válvula tenha influência não só no processo de encosto do prato da embraiagem mas também em regimes muito baixos.

Cumprimentos e obrigado a todos pelos comentários.

Última edição por jorge_rui; 14-05-2010 às 10:25.
jorge_rui está desligado   Responder com citação