Ver Resposta Única
Antigo 21-11-2009, 08:35   #16
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,433
Padrão

Citação:
Publicado originalmente por olegpe Ver Post
Quando falo em cavalos puros, falo porque já conduzi um civic Vtec de 1.6 160cv, e não percebi o porque de tanta fama, 160cv onde andam eles? a pastar nas 8000rpm? isso para mim não é motor.
São opiniões... Há quem aprecie motores feitos com filosofia "de corrida", bem rotativos.
Por outro lado, é claro que também há quem não goste de andar a "puxar" as mudanças
e prefira as baixas rotações. Por exemplo, grande parte dos cidadãos americanos
prefere os "lazy V8" do que um bom motor rotativo como por exemplo de um M3 e46

Por exemplo eu tenho cá em casa um BMW 325i e um Honda Prelude e aprecio muito mais o motor do Prelude.
Não só é mais rotativo, como parece ter menos de metade da inércia. Mas, isso é fácil de perceber ao
consultar a literatura da Honda. O motor do Prelude foi feito para que as partes móveis tivessem o
mínimo de inércia e até as simples correias do motor são mais leves do que as dos motores normais.
Mesmo as paredes dos cilindros são em materiais avançados (FRM) de forma a possuir não só uma
enorme resistência mecânica e térmica, como também a baixar o atrito e aumentar a rotação.

Na revista Auto-Hoje em que fizeram o comparativo entre os fantásticos Bmw M3, Mercedes C63,
e Lexus IS-F http://www.autohoje.com/index.php?Itemid=360 também podemos verificar
que a filosifia de construção dos motores destes 3 automóveis foi bastante diferente:

BMW M3: motor 4.0 com 420 cv, o mas mais «rotativo», a chegar às 8300 rpm. Binário de 400Nm
Lexus IS-F: motor 5.0 com 423 cv a chegar às 6600 rpm, mas com um binário de 505Nm
Mercedes C63 AMG: motor 6,2 com 457cv às às 6800 rpm, com destaque para os 600 Nm.

Falando apenas em motores (e não nos automóveis em si), já percebi que valorizas mais o motor
do Mercedes porque é menos rotativo mas tem mais força (binário) e como tal não é necessário
andar a puxar as mudanças até às 8300rpm como no M3.

Eu, pelo contrário, valorizo o motor do M3. É necessário um esforço de engenharia muito superior
para fazer este motor do que os outros dois e isso acontece não só na fase de desenvolvimento,
como também depois na produção em série onde há tolerâncias muito inferiores tanto nos próprios
componentes como na sua montagem.
O que acontecia se retirássemos o limitador de rotação ao Mercedes e fizessemos o motor rodar
às 8400rpm como é possível com o do BMW M3? O motor AMG pura e simplesmente desintegrava-se!

Já agora, aproveito para deixar o link para um jogo oficial BMW (gratuito): http://origin.bmw.com/BMW_M3_Challenge.zip
Atenção que este M3 Challenge não é um "Need for Speed", é preciso saber conduzir a sério
__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."

Última edição por lude; 21-11-2009 às 09:09.
lude está desligado   Responder com citação