Tópico: Tudo sobre pneus
Ver Resposta Única
Antigo 13-05-2009, 13:14   #1
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,433
Padrão Tudo sobre pneus

Antes de mais, links para outros artigos relacionados:


################################################

5th Gear - The importance of a good set of tyres



################################################

Introdução

Interior do pneu




Se estás a pensar em comprar pneus novos, todas as variáveis em especificações de pneus e o jargão confuso de vendedores ou "peritos" pode tornar sua compra algo desesperante. Talvez a tua curiosidade se limite apenas a querer entender os pneus actuais do teu carro, como eles funcionam e qual o significado de todas aquelas marcas nos flancos.

Neste artigo, vamos ver como os pneus são fabricados e do que eles são feitos. Vamos ficar sabendo o que significam todos aqueles números e marcações nos costados do pneu e descodificar aquele jargão técnico. No final desse artigo estará bem claro como os pneus suportam seu automóvel e porque eles podem ficar tão quentes, especialmente se a pressão for baixa. Além disso, veremos como é fácil calibrar até a pressão correcta e diagnosticar alguns problemas simples nos pneus.


Como os pneus são feitos
A ilustração mostra que um pneu é composto de diferentes partes.




Feixe de cabos do talão
O talão é um feixe de cabos de alta resistência coberto com borracha. O talão confere a resistência que o pneu precisa para ficar justo no aro da roda e para suportar as forças aplicadas pelas máquinas de montar quando fazem a instalação dos pneus nos aros.

Carcaça do pneu
A carcaça do pneu é composta de várias camadas de diferentes tecidos chamadas lonas. A trama mais usada para fazer a lona é o poliéster. O poliéster num pneu radial está perpendicularmente à banda de rodagem. Nos pneus antigos eram dispostos em diagonal, com as lonas cruzadas e sobrepostas em relação à banda, daí o nome pneu diagonal. As lonas são revestidas com borracha para que se liguem com mais facilidade a outros componentes e para vedar o ar.

A resistência do pneu muitas vezes é conhecida pelo número de lonas que ele tem. A maioria dos pneus tem carcaça de duas lonas. Entretanto, os grandes aviões a jacto chegam a ter pneus com 30 ou mais lonas.

Cintas
Nos pneus radiais de aço as cintas, feitas de aço, são usadas para reforçar a área sob a banda de rodagem. Estas cintas deixam o pneu resistente contra perfurações e ajudam a manter a banda de rodagem plana, de modo que o contacto com o solo seja o melhor possível.

Lona de reforço
Alguns pneus têm lona de reforço, camadas extras de dois ou mais conjuntos de poliéster que ajudam a consolidar a estrutura. Essas lonas de reforço não são empregadas em todos os pneus, pois são usadas principalmente em categorias de velocidade mais elevadas para manter os componentes nos seus devidos lugares em altas velocidades.

Flanco
O flanco é o responsável pela estabilidade lateral do pneu, protege as camadas da carcaça e contribui para que o ar não escape. Pode conter componentes adicionais para aumentar a estabilidade lateral.

Banda de rodagem
A banda de rodagem é feita de uma mistura (em inglês) de diferentes tipos de borrachas sintéticas. A banda de rodagem e os flancos são extrudados e cortados no comprimento. A banda de rodagem, por enquanto, é apenas uma borracha lisa, não tem ainda os padrões que irão conferir a capacidade de tracção do pneu.

Montagem
Todos esses componentes são montados em uma máquina de fabricar pneus. Essa máquina garante que todos os componentes fiquem na posição correcta e monta o pneu com forma e tamanho razoavelmente próximos de suas dimensões finais.

Nesse ponto o pneu já está com todas as suas peças, restando apenas o aperto final, a colocação das marcas e dos padrões da banda de rodagem. É chamado de pneu verde. O próximo passo é processar o pneu em uma máquina de cura, que funciona como uma máquina de waffle e faz todas as marcas e padrões de tracção. O calor também une entre si os componentes dos pneus. É a fase da vulcanização. Depois de alguns acabamentos e da inspecção, o pneu está terminado.

O que os números querem dizer
Cada secção em letras pequenas no flanco do pneu significa algo.


Tipo de pneu
O P é uma indicação que se trata de um pneu de veículo de passageiro. Outras designações são LT para carrinha e T para temporário, ou estepe.

Largura do pneu
A indicação 235 é a largura do pneu em milímetros (mm), medida de um flanco ao outro. Como essa medida é influenciada pela largura (tala) do aro, a medição se refere a um pneu montado no tamanho de aro certo.

Razão altura/largura ou perfil
Este é o número que informa qual a altura do pneu, desde o talão até ao topo da banda de rodagem. É descrito como percentagem da largura do pneu. No exemplo, a altura/largura é 75, portanto a altura do pneu é 75% de sua largura, ou 176,25 mm (0,75 x 235 = 176,25 mm). Quanto menor for o perfil, mais largo será o pneu em relação à sua altura.


Os pneus de alto desempenho geralmente têm um relação perfil menor do que a de outros pneus. Isso ocorre porque os pneus com perfil mais baixo dão maior estabilidade lateral. Os pneus devem suportar as forças laterais geradas pelo carro fazendo uma curva. Pneus com um perfil mais baixo e com flancos mais duros têm mais resistência contra as forças nas curvas.

Fabricação dos pneus
A letra R indica que o pneu foi montado com construção radial. É o tipo mais comum de pneus. Os pneus mais antigos têm construção diagonal (D) ou diagonal-cintada (B) (de belted, em inglês). A quantidade de lonas que compõe o flanco do pneu e a banda de rodagem é indicada por uma outra nota.

Diâmetro do aro

Este número especifica, em polegadas, o diâmetro adequado para o pneu.

Classificação uniforme da qualidade do pneu
Os carros de passageiros também são enquadrados na Classificação uniforme da qualidade do pneu (Uniform Tire Quality Grading-UTQG). A classificação dos pneus junto à UTQG pode ser verificada neste site (em inglês) da National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), nos EUA. A classificação do pneu segundo o critério da UTQG informa os parâmetros discutidos a seguir.

Desgaste da banda de rodagem: trata-se de um indicador que vem do teste dos pneus em condições controladas em uma pista de teste do governo. Quanto maior este número, maior será a expectativa de duração da banda de rodagem. Como nem todas as pessoas dirigem seus carros sobre a mesma superfície e com as mesmas velocidades da pista de teste do governo, esse indicador não é capaz de mostrar, com precisão, quanto tempo deve durar a banda de rodagem. Entretanto, tem bom valor relativo, porque o pneu que tenha este número maior deve durar mais do que o que tiver menor.

Tração: os pneus se classificam quanto à eficiência da tração em AA, A, B e C, correspondendo AA ao pneu de maior tracção. Esta classificação fundamenta-se na capacidade do pneu conseguir parar o carro em pistas de concreto ou asfalto molhadas. Não é indicativa da eficiência do pneu nas curvas. De acordo com o site da NHTSA (em inglês) os pneus que andaram no noticiário, os Firestone Wilderness AT and Radial ATX II, haviam obtido classificação B.

Temperatura: os pneus classificam-se quanto à temperatura em A, B e C. A classificação mede com qual eficiência o pneu consegue dissipar calor e como ele procede enquanto está esquentando. A temperatura determinada é aplicada a um pneu adequadamente inflado e que não esteja sobrecarregado. Um pneu com pouca pressão, sobrecarregado, ou em velocidade excessiva, pode desenvolver mais calor. O desenvolvimento de calor excessivo pode facilitar o desgaste e, até mesmo, levar o pneu ao colapso. De acordo com o site da NHTSA, os pneus da Firestone Wilderness AT e da Radial ATX II têm classificação C para a temperatura.
__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."

Última edição por lude; 14-11-2013 às 10:55.
lude está desligado  
                                                        Responder com citação