Ver Resposta Única
Antigo 25-10-2010, 18:49   #156
lude
Moderador
 
Avatar de lude
 
Registado em: Mar 2009
Localização: Chelas
Posts: 4,431
Padrão

Citação:
Publicado originalmente por Rui Ramada Ver Post
Na própria resposta que me enviaste tu próprio te contradizes quando defendes as viaturas novas e ao mesmo tempo assumes que as marcas estão actualmente a reduzir custos!!!!
Evidentemente que não existe contradição nenhuma.

Disse que as empresas procuram reduzir custos (o que é verdade em todos os sectores de actividade económica).
Também disso que os carros que existem cá por casa são fiáveis. Não estou a ver onde existe algum tipo de contradição.

Dando um exemplo mais simples de perceber, a Ferrari e Lamborghini têm custos de produção muitíssimo inferiores em relação à 20 anos atrás e são indiscutivelmente mais fiáveis.

Um exemplo de carros mais vulgares? Alfa Romeu. Eram autênticos cancros da indústria automóvel (em termos de fiabilidade, porque sempre foram belas e emocionantes máquinas). Mas, a fiabilidade da marca tem evoluído bastante nestes últimos anos.

Mas, também existe o caso inverso! Por exemplo a Mercedes teve inúmeros e espectaculares falhanços no que respeita à fiabilidade dos seus automóveis.

Citação:
Publicado originalmente por Rui Ramada Ver Post
Quando comprávamos uma viatura nova há 10 anos ou mais era impensável termos que ir a uma oficina reclamar do quer que seja ao fim de 3 meses
Estás muito enganado. Provavelmente deves ter tido carros japoneses... Conheço várias pessoas que compraram carros da Alfa Romeu e ao fim de 1 a 2 meses os problemas tinham sido tantos que já os puseram à venda ao fim de apenas 1 a 2 meses!
Sei de histórias de automóveis Alfa Romeu que davam para escrever um livro. Mas, o mesmo poderia dizer da Lancia.

Citação:
Publicado originalmente por Rui Ramada Ver Post
porque não havia tanta tecnologia mas as viaturas eram mesmo fiáveis e duravam no minimo 10 anos.
Cá em casa existiu um Citroen GS comprado (novo) em 1974. Aquilo foi um câncro autêntico. Não durou nem de longe 10 anos e os problemas foram mais do que muitos.
Mas, serviu de emenda. Depois dos problemas com lixo francês, cá em casa passaram a só entrar automóveis japoneses ou alemães (e não são todos, há que saber escolher)

Ainda sobre a tua teoria que antigamente os carros eram fantásticos, porque será que a Lancia se retirou do mercado do reino Unido?
Caso não te lembres, os seus automóveis eram tão maus que até foram obrigados a pagar uma indemnização aos proprietários!

Citação:
Publicado originalmente por Rui Ramada Ver Post
Hoje ao fim de 10 anos os carros não valem nada e pensamos em abatê-los porque não têm qualquer valor comercial fruto dos problemas que dão.
Em Portugal um carro ainda tem algum valor comercial em usado. Noutros países como a Alemanha, desvalorizam muito mais.

Não sei se já reparaste mas sempre que sai um telemóvel novo surge a "necessidade" de reformar o antigo. Mas, isso passa-se com tudo...
As pessoas gostam e sempre gostaram de ter o "último modelo", a "novidade". Além disso, os carros antigos: possuem piores performances, gastam muito mais combustível, muitos não possuem ar condicionado, ABS, controlo de estabilidade, Leitor de CD, etc, etc.
O pessoal gosta (dentro do possível) de tratar-se bem. Uma forma de o fazer é comprar um carro novo com os pequenos luxos que todos gostamos.
__________________
ŁµÐ€ ρяѻσנє¢†s: nuno.2ya.com - ツ - ɯoɔ˙ɐʎ2˙ounu//:dʇʇɥ
BMW 330Cd | Honda Prelude 2.2 VTEC 4WS


"Subviragem é quando bates de frente no muro. Sobreviragem é quando bates de traseira no muro.
Potência é a velocidade com que bates no muro. Binário é até onde consegues levar o muro contigo."

Última edição por lude; 25-10-2010 às 18:53.
lude está desligado   Responder com citação