Ver Resposta Única
Antigo 22-06-2010, 09:56   #4
Chelsea
Mecânico de 2º Grau
 
Avatar de Chelsea
 
Registado em: Mar 2010
Localização: Lisboa
Posts: 930
Padrão

Em relação a outros carros, o melhor que te posso dizer é que provavelmente, o cálculo do consumo instantâneo é feito de forma diferente.

Aqui nos série 1 em particular, a tal fórmula (volume de injecção de combustível / distância percorrida), não deve andar muito longe da verdade, e coincide com o que descreves mais em cima, de ir aumentando o consumo instantâneo enquanto perde velocidade...até ficar em zero (tracinhos).

Apenas a título de exemplo e sem significância dos valores (assumindo uma injecção mínima de 0,01L para o motor funcionar...muito sobre exagerada, claro), vamos diminuindo a distância percorrida com o carro desengatado :

- Se tiveres 0,01L / 0,1km = 0,1L / km;
- Se tiveres 0,01L / 0,01km = 1L / km;
- Se tiveres 0,01L / 0,001km = 10L / km;
- Se tiveres 0,01L / ~0km --> infinito, então, ele assume consumo zero;

Enfim, não deixa de ser uma questão matemática, provavelmente, muito pouco fiável neste caso particular.

Mas atenção, que mais uma vez, eu estou a falar sem conhecimento de causa. Não sei bem como esse sistema funciona, mas face ao seu comportamento, tenho ideia que seja algo deste género.
__________________
Um crítico, é alguém que conhece a estrada, mas que não sabe conduzir
Chelsea está desligado   Responder com citação