Voltar   Fórum BMW Portugal > Membros

Notícias

nunomluz nunomluz está desligado

Lavador

Msg de Visitantes

A mostrar Mensagens do Visitante 1 para 1 de 1
  1. nunomluz
    28-10-2010 10:05
    nunomluz
    Olá a todos comprei um BMW 116d em Março 2010 e estou bastante satisfeito com o automovel, já com o stand que mo vendeu nem por isso, junto envio todo o processo na esperança de alguém me poder ajudar:

    Eu, Nuno Manuel Martins da Luz venho por este meio informar V. Exa que adquiri em nome do meu pai, Manuel Perpetuo da Luz, um veículo automóvel BMW 116d com a matricula 75-IV-39 em Março 2010 no stand Caetano Baviera na Alameda das Fisgas Alcoitão Alcabideche.

    O negócio foi feito com o vosso vendedor Sr. xxxxx.

    Depois de vários contactos entre nós, ficámos à espera da aprovação do Orçamento do Estado, pois o meu pai tinha um Ford Fiesta matrícula XQ-24-32 de 1990, e havia todo o interesse em entregar este para abate, caso o Orçamento do Estado contemplasse o IAVFV.

    Em Fevereiro do corrente ano o Sr. Vendedor contactou-me para me informar que a Baviera estava a fazer uma promoção: na entrega de uma viatura em fim de vida fazia um desconto de cerca de 1000€ (mil euros), e caso o Orçamento de Estado 2010 contemplasse o IAVFV, ele próprio (Sr. Vendedor), tratava de toda a burocracia para que nós recebêssemos o incentivo do Estado.

    Nós (eu e o meu pai) concordámos e por ordem do Sr. vendedor, entregámos o veículo automóvel Ford Fiesta matricula XQ-24-32 no Stand Caetano Baviera, na Alameda das Fisgas, Alcoitão – Alcabideche, no início de Março.

    No dia 9 de Março, através da Valorcar, o veículo foi abatido, e no final do mesmo mês fomos fazer a recepção do veículo automóvel BMW 116d matricula 75-IV-39.

    O Sr. Vendedor confirmou estar atento à saída do Orçamento do Estado e disse para não nos preocuparmos.

    No inicio de Maio telefonei para o Sr. Vendedor a dar-lhe conhecimento que no site da Valorcar estava uma notícia que dizia que a partir de 28 de Abril o Orçamento do Estado 2010 contempla o I.A.V.F.V. (Lei nº3-B/2010 de 28 Abril DGAIEC) em que carros com mais de 15 anos o proprietário recebia 1000€ mais IVA.

    O Sr. Vendedor respondeu-me que ia averiguar qual a documentação que deveríamos entregar para o despachante fazer chegar ás entidades competente e que em breve me daria noticias.

    Após vários telefonemas, só em 12 de Julho me pediu toda a documentação, via email, a qual lhe foi entregue imediatamente em mão pela minha esposa .

    Depois de tanto esperar, no início de Outubro tentei várias vezes contactar o Sr. Vendedor para me pôr ao corrente da situação, o qual nunca me atendeu, ora porque estava em reunião ora porque não podia.

    Respondeu-me mais tarde, por email, o seguinte:



    Boa tarde,
    Caro Sr. Nuno Luz,
    Desde já peço desculpa de não lhe ter ligado, mas foi de todo impossível.
    Relativamente ao assunto do abate por parte do estado, deixe-me dizer-lhe que recebe-mos uma informação que o mesmo só estaria disponível até processos entrados em Junho, o que para mim foi uma agradável surpresa!
    Desde já peço desculpa por este lapso, mas creio que como devera de entender isto é uma directiva do estado.
    Com os meus cumprimentos,

    Vendedor


    “Uma agradável surpresa” respondeu-me o Sr. Vendedor. Eu li este email duas vezes porque não queria acreditar que aquilo que foi para o Sr.Vendedor “uma agradável surpresa”, foi para mim uma desagradável surpresa.

    Fui falar com o Sr.Vendedor pessoalmente, porque a partir daí, este Senhor está sempre indisponível para falar comigo pelo telefone, e em conversa diz-me que o processo está neste momento nas mãos da Srª Drª gestora de vendas sua chefe.

    Julgo ter havido desleixo da parte do Sr.Vendedor em não ter dado andamento ao processo dentro dos prazos, ainda p´ra mais tendo sido alertado no início de Maio que a lei estava em vigor a partir 28 de Abril.

    Pelo acima exposto sentimo-nos lesados em 1000€ + IVA, somos completamente alheios a esta situação, pelo que peço a V. Exa. que este processo seja analisado com a maior brevidade possível de forma a minimizar o nosso prejuízo.

    Já tive uma reunião com a Srª Drª gestora de vendas que admite ter havido algum desleixo por parte do Sr. Vendedor mas alega que eu também devia de saber que o processo tinha de ser entregue até 30 de Junho, pois eu era realmente o interessado e que a Baviera não tinha qualquer responsabilidade.
    Peço a todos por favor se há alguma coisa que possa fazer para resolver esta situação.

Estatísticas

Total de Mensagens
Msg de Visitantes
Informação Geral
  • Última Visita: 28-11-2011 18:11
  • Registado em: 28-10-2010
  • Referências: 0

Horários baseados na GMT. Agora são 15:24.


Powered by vBulletin® Version 3.7.1
Copyright ©2000 - 2016, Jelsoft Enterprises Ltd.
Todos os direitos reservados 2008-2016